Gemendo Eternamente... É Isso o que Você Quer?


“Ali haverá choro e ranger de dentes.... onde não lhes morre o verme, nem o fogo se apaga” (Mateus 22.13; Marcos 9.44).

Talvez você pense que estas palavras constituem um boato ou uma “história da carochinha”, mas o que você pensa não muda, de maneira alguma, o fato de que a morte eterna é uma realidade e o inferno é um tormento que se inicia com a morte física e jamais terá fim.
Em algum momento, você já deve ter ficado inquieto, desejando saber mais a respeito de como obter a salvação eterna de sua alma. Não precisamos dizer que este assunto é extremamente importante; portanto, você não fará objeção a gastar alguns minutos lendo este artigo.


O Senhor diz: “Buscai-me e vivei” (Amós 5.4).
Mas, como posso fazer isso?
Que passo devo tomar?

O primeiro passo nesta busca é conhecer qual é a sua verdadeira situação espiritual aos olhos de Deus. Nossa tendência é pensar que nossa situação não é tão ruim, que não somos tão maus e que existem pessoas fazendo coisas piores. Além disso, sempre que podemos, estamos ajudando alguém. Mas temos de lembrar que, aos olhos de Deus, nossa situação é outra. Seus olhos são puros e santos, e nada escapa do seu olhar. Para Ele, “todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças, como trapo da imundícia” (Isaías 64.6). O nosso coração é “desesperadamente corrupto”, cheio de maus desígnios, prostituição, furtos, homicídios, adultérios, avareza, malícias, dolo, lascívia, inveja, blasfêmias, soberba e loucura. Todos esses males... contaminam o homem (ver Marcos 7.21-23). Essa é uma realidade da qual ninguém escapa. Ainda que você não tenha cometido alguns desses pecados, eles se encontram latentes em seu coração e já o contaminaram. Temos de nos sentir desapontados com nós mesmos e aceitar a realidade de que, em conseqüência dessa contaminação, estamos sob o jugo do pecado e de que nossa natureza é corrupta e totalmente depravada. Essa depravação nos torna reprovados diante da Lei de Deus. Ele, que é santo e justo, não pode fazer outra coisa, exceto derramar sobre nós a sua ira santa e a justa condenação de morte eterna, que a Lei exige.

Por isso, precisamos tomar urgentemente o segundo passo, pois é
somente através dele que podemos encontrar alívio dessa situação e ter verdadeira esperança. O segundo passo é conhecer a pessoa bendita de Jesus Cristo, o Filho do Deus vivo. Isto significa saber realmente quem Ele é e qual a extensão do seu poder.
Significa conhecê-Lo como único Sacerdote que nos reconcilia com o Pai, visto que Jesus “tem o seu sacerdócio imutável” e “pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus” (Hebreus 7.24-25). Ele se ofereceu como vítima. Conhecer a Jesus significa crer que sua morte é o único sacrifício que expia o nosso pecado, satisfaz a Lei de Deus e adquire para nós a justiça perfeita que necessitamos. Ainda, conhecer a Jesus implica no reconhecimento de que é mera presunção admitirmos que podemos cooperar com pretensas boas obras na aquisição dessa justiça. Nada, exceto a cruz e a ressurreição de Cristo, nos garante essa justiça. “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie” (Efésios 2.8,9).

Espero que o Espírito de Deus esteja falando ao seu coração e que você, instruído na graça de Cristo e nos frutos de sua morte e de sua ressurreição, passe agora ao terceiro passo: descansar em Jesus com firme
e concreta confiança, crendo com plena segurança em que Ele é tão completo e suficiente, que possui em Si mesmo justiça e vida. Desista agora mesmo de qualquer opção sugerida por Satanás; volte-se para a
única resposta verdadeira apresentada por Deus mesmo, em sua santa Palavra; essa resposta é crer na pessoa viva e gloriosa do Senhor Jesus Cristo, pois “não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos” (Atos 4.12). Portanto, atenda a exortação que Deus lhe dirige, através deste artigo. Ouça o seu convite de amor: “Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados, a fim de que, da presença do Senhor, venham tempos de refrigério, e que envie ele o Cristo, que já vos foi designado, Jesus” (Atos 3.19-20).

Lembre-se: “Ao SENHOR pertence a salvação” (Jonas 2.9). A salvação precisa ser buscada de todo o coração. Você não acha que vale a pena? Ou prefere arriscar e passar toda a eternidade rangendo os dentes e gemendo? “Ponha a boca no pó; talvez ainda haja esperança” (Lamentações 3.29). Leia a Bíblia com avidez, ore, clame a Deus, com lágrimas, a fim de que, em sua bondade, Ele o conduza ao arrependimento (Romanos 2.4). “Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração” (Jeremias 29.13). Que Deus, em sua graça soberana, o salve da perdição e do inferno, concedendo-lhe o precioso dom da vida eterna. “E esta vida está no seu Filho. Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida” (1 João 5.11,12).



Josafá Vasconcelos

fonte:
www.editorafiel.com.br

1 comentários:

martins111 disse...

Primeiramente ao adentrar nesta página reconheço seu valor e a importância de seu autor para a nobre causa do Senhor Jesus Cristo.
Dito isso, quero convidar você que está lendo estas minhas palavras, a prestar um pouco mais de atenção as revelações do Espírito Santo Verdadeiro em nossos dias.
Por se tratar de um assunto de interesse universal, pediria sua amável atenção, em uma breve, mais com certeza, produtiva visita ao nosso blog, onde estão depositadas Revelações do Senhor Jesus Cristo, para as quais peço encarecidamente que nos ajude a divulgar. Pois estamos vivenciando um memento muito sensível da palavra profética. Desde já suplico as bênçãos do Pai, do Filho e do Espírito Santo Verdadeiro sobre todo aquele que atender esse nosso chamado em nome do Senhor Jesus Cristo. Clique em martins111 - João Joaquim Martins. OU http://joaorevela.blogspot.com/

14 março, 2010
Ocorreu um erro neste gadget