Veja o que declararam alguns servos de Deus apaixonados pelas almas perdidas:



John Knox, assim rogava a Deus: "Dá-me a Escócia ou eu morro!".

Whitefield, implorava: "Se não queres dar-me almas, retira a minha!".

John Bunyan, disse: "Na pregação não podia contentar-me sem ver o fruto do meu trabalho".

Assim dizia Matheus Henry: "Sinto o maior gozo em ganhar uma alma para Cristo, do que em ganhar montanhas de ouro e de prata, para mim mesmo".

D.L.Moody: "Usa-me, então meu Salvador, para qualquer alvo em qualquer maneira que precisares. Aqui está meu pobre coração, uma vasilha vazia, enche-a com tua graça".

Henrique Martyn, ajoelhado na praia da Índia, onde fora como missionário, dizia: "Aqui quero ser inteiramente gasto por Deus".

John Mackenzie, ajoelhado a beira do Lossie, clamava: "Ó Senhor, manda-me para o lugar mais escuro da terra!".

Prayine Hyde, missionário na Índia, suplicava: " Ó Deus, dá-me almas ou eu morrerei!".

Quanto aqueles que assistiam a morte de Davi Stoner pensavam que seu espírito já tivesse se retirado, ele se levantou na cama, e clamou: "Ó Senhor, salva os pecadores! Salva-os as centenas e salva-os aos milhares", e findou sua obra na terra. O desejo ardente da sua vida dominava-o até a morte.

David Brainerd falava: "Eís-me aqui, Senhor. Envia-me a mim! Envia-me até os confins da terra: Envia-me aos selvagens habitantes das selvas; envia-me para longe de todo conforto terrestre; envia-me mesmo para morte, se for no teu serviço e para progresso do Teu reino".
Ele mesmo escreveu: "Lutei pela colheita de almas, multidões de pobres almas. Lutei para ganhar cada uma, e isto em muitos lugares. Sentia tanta agonia, desde o nascente do sol até o anoitecer, que ficava molhado de suor por todo o corpo.
Mas, ó meu querido Senhor soou sangue pelas pobres almas.
Com grande ânsia eu desejava ter mais compaixão".

João Welsh, encontrava-se nas noites mais frias prostrado no chão, chorando e lutando com o Senhor, por seu povo. Quando sua esposa implorava que explicasse a razão da sua ânsia, respondia: "Tenho que dar conta de três mil almas e não sei como estão".


do do site:
www.orepelaindia.com

0 comentários:

Ocorreu um erro neste gadget