A verdadeira história de São Jorge



Em torno do século III D.C., quando Diocleciano era imperador de Roma, havia nos domínios do seu vasto Império um jovem soldado chamado Jorge de Anicii. Filho de pais cristãos, converteu-se a Cristo ainda na infância, quando passou a temer a Deus e a crer em Jesus como seu único e suficiente salvador pessoal. Nascido na antiga Capadócia, região que atualmente pertence à Turquia, Jorge mudou-se para a Palestina com sua mãe, após a morte de seu pai. Tendo ingressado para o serviço militar, distinguiu-se por sua inteligência, coragem, capacidade organizativa, força física e porte nobre. Foi promovido a capitão do exército romano devido a sua dedicação e habilidade.

Tantas qualidades chamaram a atenção do próprio Imperador, que decidiu lhe conferir o título de Conde. Com a idade de 23 anos passou a residir na corte imperial em Roma, exercendo altas funções. Nessa mesma época, o Imperador Diocleciano traçou planos para exterminar os cristãos. No dia marcado para o senado confirmar o decreto imperial, Jorge levantou-se no meio da reunião declarando-se espantado com aquela decisão, e afirmou que os os ídolos adorados nos templos pagãos eram falsos deuses. Todos ficaram atônitos ao ouvirem estas palavras de um membro da suprema corte romana, defendendo com grande coragem sua fé em Jesus Cristo como Senhor e salvador dos homens.

Indagado por um cônsul sobre a origem desta ousadia, Jorge prontamente respondeu-lhe que era por causa da VERDADE. O tal cônsul, não satisfeito, quis saber: "O QUE É A VERDADE?". Jorge respondeu: "A verdade é meu Senhor Jesus Cristo, a quem vós perseguis, e eu sou servo de meu redentor Jesus Cristo, e nEle confiado me pus no meio de vós para dar testemunho da Verdade." Como Jorge mantinha-se fiel a Jesus, o Imperador tentou fazê-lo desistir da fé torturando-o de vários modos. E, após cada tortura, era levado perante o Imperador, que lhe perguntava se renegaria a Jesus para adorar os ídolos. Porém, este santo homem de DEUS jamais abriu mão de suas convicções e de seu amor ao SENHOR Jesus. Todas as vezes em que foi interrogado, sempre declarou-se servo do DEUS Vivo, mantendo seu firme posicionamento de somente a Ele temer e adorar.

Em seu coração, Jorge de Capadócia discernia claramente o própósito de tudo o que lhe ocorria: “... vos hão de prender e perseguir, entregando-vos às sinagogas e aos cárceres, e conduzindo-vos à presença de reis e governadores, por causa do meu nome. Isso vos acontecerá para que deis testemunho”. (Lucas 21.12:13 – Grifo nosso). A fé deste servo de DEUS era tamanha que muitas pessoas passaram a crer em Jesus e confessa-lo como SENHOR por intermédio da pregação do jovem soldado romano. Durante seu martírio, Jorge mostrou-se tão confiante em Cristo Jesus e na obra redentora da cruz, que a própria Imperatriz alcançou a Graça da salvação eterna, ao entregar sua vida ao SENHOR. Seu testemunho de fidelidade e amor a DEUS arrebatou uma geração de incrédulos e idólatras romanos.

Por fim, Diocleciano mandou degolar o jovem e fiel discípulo de Jesus, em 23 de abril de 303. Logo a devoção a “São” Jorge tornou-se popular. Celebrações e petições a imagens que o representavam se espalharam pelo Oriente e, depois das Cruzadas, tiveram grande entrada no Ocidente. Além disso, muitas lendas foram se somando a sua história, inclusive aquela que diz que ele enfrentou e amansou um dragão que atormentava uma cidade...

Em 494, a idolatria era tamanha que a Igreja Católica o canonizou, estabelecendo cultos e rituais a serem prestados em homenagem a sua memória. Assim, confirmou-se a adoração a Jorge, até hoje largamente difundida, inclusive em grandes centros urbanos, como a cidade do Rio de Janeiro, onde desde 2002 faz-se feriado municipal na data comemorativa de sua morte.

Jorge é cultuado através de imagens produzidas em esculturas, medalhas e cartazes, onde se vê um homem vestindo uma capa vermelha, montado sobre um cavalo branco, atacando um dragão com uma lança. E ironicamente, o que motivou o martírio deste homem foi justamente sua batalha contra a adoração a ídolos...

Apesar dos engano e da cegueria espiritual das gerações seguintes, o fato é que Jorge de Capadócia obteve um testemunho reto e santo, que causou impacto e ganhou muitas almas para o SENHOR. Por amor ao Evangelho, ele não se preocupou em preservar a sua própria vida; em seu íntimo, guardava a Palavra: “ ...Cristo será, tanto agora como sempre, engrandecido no meu corpo, seja pela vida, seja pela morte” (Filipenses 1.20). Deste modo, cumpriu integralmente o propósito eterno para o qual havia nascido: manifestou o caráter do SENHOR e atraiu homens e mulheres para Cristo, estendendo a salvação a muitos perdidos.

Se você é devoto deste celebrado mártir da fé cristã, faça como ele e atribua toda honra, glória e louvor exclusivamente a Jesus Cristo, por quem Jorge de Capadócia viveu e morreu. Para além das lendas que envolvem seu nome, o grande dragão combatido por ele foi a idolatria que infelizmente hoje impera em torno de seu nome.


fonte:
 www.hermesfernandes.com

23 comentários:

Ellís Montechiari disse...

Olá, amiga querida!Obrigada pelas informações não sabia desta realidade.Que o Senhor pela misericórdia desvenda os olhos dos idolatras, e vejam que só o Senhor é digno de toda honra e toda glória.
o Senhor continue te abençoando grandiosamente.Beijinhos em seu ♥!

21 abril, 2012
Casal de Cristo disse...

Muito legal sua postagem. Sou Cristão também mas sempre tive interesse em conhecer a história de Jorge de capadócia, o cristão e não o santo. Que Cristo continue te abençoando e nos alimentando o conhecimento.

21 outubro, 2012
Casal de Cristo disse...

Muito legal sua postagem. Sou Cristão também mas sempre tive interesse em conhecer a história de Jorge de capadócia, o cristão e não o santo. Que Cristo continue te abençoando e nos alimentando o conhecimento.

21 outubro, 2012
Rosiane De Lima disse...

Muito legal a postagem. a unica coisa errada é que São Jorge nãO É IDOLATRADO, NEM ADORADO. Adorar só a Jesus. Ele é amado , honrado e usado como "seta" que indica o caminho para nós catolicos.

23 outubro, 2012
Ellís Montechiari disse...


Olá abençoada sei que selinho não é bem o seu perfil né, mas não poderia deixar de colocar em minha lista de blog o link do seu blog pois ele é maravilhoso e muito rico em informações.
Então decidi passar por aqui e dividir com você o meu primeiro selinho.
Fui indicada pela irmã Cátia ao ‘Prêmio Dardos’ em reconhecimento ao trabalho no Senhor, e quero repassar para você com muito carinho também pelo reconhecimento do seu trabalho. Sinta-se à vontade para aceitá-lo ou não. Caso seja do seu interesse, passe lá no Blog na página Selos:Prêmio Dardos e pegue o seu.
Blog:http://ellismontechiari.blogspot.com.br/
É só ler na postagem como obter o seu.
Deus te abençoe Grandiosamente...!\o/♥\o/
Abraços Ellis Montechiari
Você : A Ideia Mais Fantástica de Deus

25 outubro, 2012
Anônimo disse...

Jesus e o único caminho a verdade e a vida Pra todos pra que Seta? Jesus somente a Ele honra e gloria! Infelizmente muitos tem adorado ao Jorge sim, com imagens, com roupas etc.Separam um dia no ano para veneralo 23abril, isso nao e adorar fala serio!

14 novembro, 2012
Anônimo disse...

SÃO JORGE Não é idolatrado como um deuses e sim como símbolo de fé e coragem e dedicação ao deus vivo.Por ser um guerreiro é natural que as pessoas peçam para ter sua coragem e bravura contra os inimigos .

21 novembro, 2012
Anônimo disse...

Achei muito legal a historia de são jorge mas essa briga sobre idolatria não leva a nada cada religião tem sua crença e tem que ser respeitada
desde que tenha Deus no coração a religião não tem importância pois nenhuma presta e Jesus lutou contra elas então qual a diferença?
Jesus quer união, respeito e não brigas.

22 novembro, 2012
Anônimo disse...

DEPOIS QUE SÃO JORGE FOI INTRODUZIDO NA UMBANDA É MUITO CONFUNDIDO COM ORIXÁ.ESSA NOVELA SALVE JORGE NÃO DEIXOU CLARO QUE SE TRATA DE UM CRISTÃO. DÁ CREDIBILIDADE SOMENTE A LENDA DO DRAGÃO.

02 dezembro, 2012
Anônimo disse...

eu goste muiito da historia de são joge!e eu so tive curiosidade quando estava vendo a novela das 09:00 da globo salve jorge.e muito interessante a historia dele.

13 dezembro, 2012
Anônimo disse...

legal

24 janeiro, 2013
Anônimo disse...

Bom dia , Tânia ! Gostaria muito de saber de quem é a imagem feminina ao fundo dessa foto. É apenas uma mulher ilustrando o cenário ou é alguma santa? Minha curiosidade é porque meu marido tem essa mesma foto no celular, eu sou devota d NS da Conceição. Essa semana dei à ele uma imagem dela e aí ele reparou q no fundo dessa foto tem essa mulher q parece c ela. Por isso fiquei curiosa p saber se é apenas coincidência.Obrigada.Ana

26 janeiro, 2013
Reinaldo disse...

Só há um engano, é dar a "Jorge" o título de Cristão,que só passou a existir com "São Jerônimo" anos depois, nessa época não existia ninguém chamado Jesus Cristo pois o "j" não existia. Pesquise fora da religião e retirem as escamas.

29 janeiro, 2013
Tânia Regina disse...

Olá Ana.

Diz a lenda que São Jorge teria salvo uma princesa das garras de um terrível dragão, com a sua espada domou o dragão, que a princesa conduziu de volta a seu povoado como um manso cordeirinho. O misterioso cavaleiro disse ter vindo em nome de Jesus Cristo.Então essa mulher nas imagens simboliza essa princesa.
Obrigada. Deus te abençoe.

03 fevereiro, 2013
Anônimo disse...

J'ai vraiment voulu livrer un concept pour vous remercier pour les conseils et les astuces de Nice vous postez sur www.blogdataniaregina.com.br. Mon temps sur Internet apparaissent en a maintenant été récompensés par des stratégies utiles pour échanger avec ma famille et amis. Je prétendre que nous fait lecteurs sont vraiment choyés de vivre dans une communauté incroyablement utile avec certains individus avec des points très perspicace. J'ai vraiment l'impression vraiment reconnaissante de se faire découvrir le site web et semblent venir de beaucoup de moments divertissants supplémentaires lire ici. Merci beaucoup encore pour une bonne part de choses.

08 fevereiro, 2013
Carlinhos disse...

Há enganos em todas as religiões. O que não é possível aceitar é que mentes sejam fechadas e que a realidade seja oculta ou pior, deturpada de tal ponto que fique parecendo pecado.
O surgimento da religião protestante se deu devido a não concordância com as doutrinas da igreja Católica em que o dinheiro e poder era colocado em primeiro plano. (Vide história das grandes cruzadas). Fazia-se de tudo para alcançar a sauvação, desde compra-la até guerras. Só que o que agora vemos a mesma coisa acontecendo novamente. E o que é pior hoje somos bem mais esclarecidos e não temos um império tirano nos obrigando. A igreja Protestante esta precisando de uma nova reforma. Acabar com o comércio estabelecido em nome de Deus. Lembre-se que Cristo ao ver os vendilhões na porta do templo adivertiu-lhes dizendo que a casa de Deus não é comércio.
Vemos os mais graves absurdos. Tenha a mente aberta, não veja isso como certo não é isso que DEUS quer. Você não precisa ter bens e dinheiro ou ser alguem influente para que ele te ame. Ele ama o mais simples possível. Uma vez fiquei horrorizado quando vi um desses pastores na TV dizendo que DEUS iria ajudar a quem tem prestações de casa própria se a pessoa depositasse na conta da igreja uma parcela desta prestação. E outro que mau acaba de pregar já pega a guia de depósito dizendo que se não ajudar o programa pode ter fim e que DEUS manda fazer isso. Tenham a mente aberta, afinal DEUS nos deu este presente. Vejam o que o homem esta fazendo em nome de DEUS.
Você sabia que 60% das guerras no mundo são com algum fim religioso.
DEUS quer você e não seu dinheiro ou sua posição social.
Que DEUS abençoe a todos os seus filhos de veradade.

18 fevereiro, 2013
Carlinhos disse...

Porque construir edificações tão grandes e luxuosas se JESUS nasceu em um estábulo e viveu entre os simples. Lógico que todos nos gostamos de conforto, isso nos é passado desde a infância. Somos cada vez mais dependentes dos bens materiais, vivemos em uma sociedade em que a posição social, dinheiro são mais importantes que a espiritualidade. Não somos perfeitos, quem não prefere estar em seu carro do que em um ônibus apertado e quente. Quem não gosta de uma casa cheia de parafernálias tecnológicas. Não devemos ser hipócritas, mas temos que ter em mente que o que fazemos em vida ecoa na eternidade. Não adianta ir a uma igreja e ao sair de lá cometer do mais simples até o mais grande pecado. Isso não é estar salvo.
Não devemos achar que nossa religião e certa e aquela outra errada. Lembre-se que por ter este tipo de pensamento muitos morreram em campos de concentração. O que DEUS quer é muito simples, é o seu amor e que este mesmo amor você tenha pelo seu irmão mesmo ele não pertencendo a sua doutrina. Tenha compaixão, respeito, alegria pela vida, amor. Seja simples, veja a beleza em coisas simples, uma flor, o sol da manhã, pois DEUS esta aí e não em um templo.
Sabe como acho que deveria ser o dizimo. O dinheiro não deveria ir para o homem e sim para DEUS, mais como:
Todo membro deveria escolher uma família carente ou uma instituição ou abrigo e ajudar, aí sim o dinheiro estaria sendo usado com sabedoria e não corromperia ninguém.
DEUS só quer você e nada mais. Pense.

20 fevereiro, 2013
nelia disse...

o que temos que entender,é que relijião ñ salva nimguém,e que Jesus é mudança radical de vida,e que a biblia é a palavra de Deus e a mesma é o nosso manual de vida e que ela nos orienta,a andarmos no caminho que nos conduz a vida eterna: ENTREGA O TEU CAMINHO AO SENHOR,CONFIA NELE E O MAZ,ELE FARA. QUERIDO IRMÃO CATOLICO LEIA EM EXODO 20:4É UMA DAS ORDENANÇAS DE DEUS!!

22 abril, 2013
Anônimo disse...

Os "donos da verdade" têm sempre que fazer alguma crítica à crença dos outros. Sslve, Jorge! Santo guerreiro, fiel a Cristo até à morte. Por que não pode ser modelo de conduta para nós? Esse é o verdadeiro significado da santidade: pessoas que viveram de tal modo, que seu exemplo
deve ser seguido por aqueles que amam a Cristo. Qualquer outra interpretação é puro falar maldoso.

23 abril, 2013
Anônimo disse...

Exatamente..só que as pessoas de mal olhos vêem isso como idolatria...sim realmente tem pessoas que exageram e aí acabam tachando os católicos como idolatras....
Se bem que é melhor idolatrar um santo que nao vai te influenciar a fazer nada de ruim do que famosos e pessoas sem nenhum conteúdo por ai.

19 maio, 2013
Anônimo disse...

A novela apenas deu a brecha e concerteza como povo é curioso, agr vão procurar saber a história real deste santo.

19 maio, 2013
karen Garcia Pipinp disse...

Amei! O melhor comentário! Salve Jorge!

26 maio, 2013
Irmão Pedro do Santíssimo Sacramento CCAD/PL disse...

O Apóstolo São Paulo exorta: "Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo." (1 CO 11,1), portanto mesmo sendo ele um apóstolo, não proibiu que os cristãos imitassem suas virtudes. São Jorge, foi um imitador de Cristo, a quem ele não conheceu fisicamente, como Paulo (no caminho damasco), Pedro (conviveu diretamente), Maria (gerou e criou) etc..., foi imitando alguém que o evangelizou, que ele, Jorge, aprendendo a palavra, orando, rezando em comunidade, teve uma experiência com Jesus tão forte que foi capaz de dar sua vida por causa de Cristo. Então assim como ele foi capaz de entregar-se por nosso Senhor e Salvador, com certeza ele pode e é um exemplo a ser seguido por outros cristãos. Agora quanto a idolatria de alguns, isso podemos ver não só no meio Católico Romano, mas no meio protestante ou evangélico. Pois idolatria vai muito além de uma imagem ou escultura conforme(Ex 20), idolatria é tudo que toma o lugar de Deus na vida do cristão, como carro, imóvel, esposa, marido, filhos, amigos, pastores, padres, até mesmo a religião quando ela leva-nos a colocar-nos como donos da verdade. Jesus é a verdade! Só Ele salva! Agora, bons exemplos que não firam a sã doutrina, devem e podem ser seguidos. Sou Católico Romano praticante, fui protestante por muitos anos e por ver tanta coisa ser pregada no meio protestante e não ser vivida é que hoje tenho convicção da veracidade da doutrina católica. Sou salvo pelo sangue do Cordeiro e independente dos homens de qualquer igreja que seja e de seus erros ou acertos, o céu é para aqueles que buscam viver a santidade pois sem ela é impossível ver a Deus (Hb 12,14)
E devemos lembrar que Jesus acabou com todas as separações: "Aí não haverá mais grego nem judeu, nem bárbaro nem cita, nem escravo nem livre, mas somente Cristo, que será tudo em todos.Portanto, como eleitos de Deus, santos e queridos, revesti-vos de entranhada misericórdia, de bondade, humildade, doçura, paciência.Suportai-vos uns aos outros e perdoai-vos mutuamente, toda vez que tiverdes queixa contra outrem. Como o Senhor vos perdoou, assim perdoai também vós.
Mas, acima de tudo, revesti-vos da caridade, que é o vínculo da perfeição.Triunfe em vossos corações a paz de Cristo, para a qual fostes chamados a fim de formar um único corpo. E sede agradecidos. (Col 3,11-15).
A Paz do Senhor Jesus Cristo a todos !

22 abril, 2014
Ocorreu um erro neste gadget