Você tem noção do que é a CRACOLÂNDIA ?

Porque há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos.Jó 14:7


                   Um "noia" aceitou a Jesus e Jogou o Cachimbo ...

Cracolândia (por derivação de crack) ou Boca do Lixo são denominações populares de um setor do bairro de Santa Ifigênia, nas imediações avenidas Duque de Caxias, Ipiranga, Rio Branco, Cásper Líbero e a rua Mauá, onde se historicamente se desenvolveu intenso tráfico de drogas e meretrício.(informações Wikipédia)

Quando fazemos busca na Internet sobre a Cracolândia, achamos várias informações e imagens , a maioria imagens e definiçoes que chocam a nossa mente. Como é triste ver um lugar conhecido como Boca do Lixo.
Lá transitam pessoas que estão literalmente no fundo do poço, não tem mais nada a perder , pois já perderam tudo: família, amigos, emprego, identidade, dignidade,esperança, tudo.




Através do Missionário Flávio Alves do  Projeto Radical Brasil  da Junta de Missões Nacionais, conheci o outro lado da Cracolândia, o lado que sempre há esperança quando se tem Cristo Jesus, o lado que quando Jesus toma o controle da situação, faz o humilhado virar Principe, o necessitado virar um Rei, faz a lama virar um manjar celestial.
A partir de hoje estaremos juntamente com o Missionário Flavio Alves, divulgando toda a trajetória deste Projeto que fica na Cracolândia, e que pelo Poder de Deus será transformado em Cristolândia( palavra Profética dos Missionários Radicais).
Para começar vamos conhecer o Missionário Radical Flávio Alves.
Um rapaz novo, que literalmente se colocou na brecha, por Amor a Cristo.
Fiz uma entrevista com ele(me perdoem, qualquer coisa, é a primeira que faço)
Mais gostei muito do que ele me contou, e muito me fez refletir!

Quantos que estão nos confortos de seus lares "curtindo" sua vida de "crente" estão dispostos a largar tudo e fazer a Obra de Deus em lugares que são conhecidos como : boca do lixo, submundo?
Quantos?



entrevista:

TR- de que Igreja você é?
Flávio-Meu nome é Flávio de Souza Alves sou de Volta Redonda/RJ da Igreja Batista do Conforto

TR- gostaria de saber como começou seu Ministério Missionário?
Flávio-Em 2005 eu num congresso de Adolescentes chamado CONABERJ ouvi uma mensagem como tema "O que eu estou fazendo aqui" e me trouxe a realidade do por que Deus me salvou, o que eu poderia ser útil no reino. Então em 2006 fui para os campos missionários como voluntário de 1 mês... Fui para TRANS Bahia em 2006, em 2008 Trans Rio Grande do Norte. E o interessante é que fazer a obra de Deus, se achar no lugar que Deus quer é maravilhoso, e você sempre quer mais. E te digo, Deus quer mais de você também, basta colocar-se a disposição, Deus só precisa de um coração que diz, "eis me aqui", e ao sair da Trans RN inflamado do poder de Deus, pedi que Deus me proporcionasse mais projetos onde pudesse servi-lo, e ai veio a Chamada Ministerial Missionária INTERGRAL em 2009.

TR- antes de ir para Cracolândia, o que fazia ?
Flávio-Eu sou formado em Sistema de Informação, Trabalhava na Fábrica da Peugeot Citroen, como analista de sistemas, também sou Design tinha minha própria empresa. E abri mão de tudo isso e muito mais por causa do evangelho. Fp 3.8

TR- como ficou sabendo sobre a Cracolândia ?
Flávio-Como falei eu já havia pedido para Deus me usar mais... e numa bela manhã recebi um e-mail "A Cracolândia espera pelos Radicais", aquilo foi tão forte, senti que era resposta de Deus para minha vida, para meu pedido. Li todas as regras do projeto e eu sem nem mesmo consultar a minha família, minha noiva ou até mesmo sem pensar no emprego, fiz minha inscrição... Nada mais era importante. At 20.24

TR- como sentiu o chamado para ir a Cracolândia?
Flávio-Acho que respondi acima né...

TR- como foi a preparação ?
Flávio-Tivemos um curso muito intensivo no CIEM - Centro Integrado de Ensino e Missões, onde tínhamos aulas manhã, tarde e noite. Algumas vezes impacto na Madrugada. Mais o curso foi muito bom, tívemos várias aulas teóricas, Estudo do Livro de Atos, Panorama Bíblico, Batalha Espiritual, e aulas práticas e Evangelismo e discipulado.

TR- quais foram as maiores dificuldades antes de ir ?
Flávio-No começo, quando fiz a inscrição 3 dias depois me arrependi, comecei a pensar em mim mesmo... Tudo que estava abandonando, minha casa, minha família, minha noiva, emprego, carro, etc... para me enfiar num lugar chamado CRACOLÂNDIA, um lugar morto, conhecido com a boca do lixo, lugar onde as pessoas são ásperas e rudes. Então isso foi uma das dificuldades... Eu encarar eu mesmo, quebrar meus conceitos, orgulho, abrir mão da minha vida por Deus. Foi difícil cantar aquela música, que muitos cantamos e pouco vivemos... "Abro mão dos meus sonhos, Abro mão dos meus planos, Abro mão da minha vida por Ti, Abro mão dos prazeres e das minhas vontades, Abro mão das riquezas por Ti”

TR- como foi o começo lá ?
Flávio-Como todo começo, foi difícil, procuramos nos fazer conhecidos na Cracolândia, ganhar a confiança deles e mostrar que nós queremos ajudá-los, pois são pessoas sofridas, pessoas que já não acreditam mais em nada, e quando vem alguém sem interesse nenhum só por amor querendo ajudá-los eles ficam desconfiados, não entende o amor de Deus por eles.

TR- quais as dificuldades atuais que tem encontrado ?
Flávio-Passamos um bom tempo sem um espaço, uma sede um local.. Certa vez, um "noia"( viciado em crack como eles são chamados) me disse, "Aqui na biqueira(Ponto de venda de Drogas) o traficante está 24hs aqui, então uma casa de Deus, uma igreja está fechada, você procura uma palavra amiga, uma palavra de esperança as 3 da manhã não encontra, mais você encontra a Droga". Então tínhamos um sonho de ter uma espaço, um lugar 24hs aberto, com mensagens, com louvor, um lugar para poder-mos responde a qualquer hora do dia ou da noite a razão da nossa fé.
Graças a Deus conseguimos esse espaço e estamos agora num processo de reforma e montagem dessa igreja, a Missão Batista Cristolândia

TR- qual foi sua maior alegria neste tempo em que está na Cracolândia ?
Flávio-Uma das minhas maiores alegria foi dia 28 de Dezembro de 2009 quando pudemos batizar 5 desses recuperados e hoje vê-lo transformados pelo poder de Deus.


TR- qual sua maior tristeza neste tempo ?
Flávio-Foi com um jovem chamado Edinaldo. Eu particularmente me identifiquei muito com Edinaldo, Deus tocou no meu coração para ajudá-lo, tratar aquela vida. E numa 4ª feira ele se achegou até mim chorando, desesperado com aquele vida que vinha levando e pedindo ajuda. Eu movido por compaixão e movido por Deus, peguei-o, paguei um café, levei-o para igreja dei banho, trocamos a roupa, depois tiramos seus documentos, fiz tudo que podia por ele.

Mais ele precisava de uma clinica de recuperação, um lugar onde pudesse ficar afastado desse ambiente Cracolândia e se tratar. Cada internação custa em média 300,00 e nós não tínhamos esse valor. Mais Deus tocou no meu coração, eu havia vendido um equipamento eletrônico nesse valor, e Deus me lembrou... então tirei do meu dinheiro e internamos esse rapaz, pela fé, pois eu só teria o dinheiro do primeiro mês.

Bom ai entra uma das minhas maiores tristezas, ele foi internado na clínica, dormiu e no dia seguinte quis sair, ir embora. Como ninguém é obrigado a ficar no tratamento, foi-se. Pra mim foi uma tristeza muito grande, não pelo investimento financeiro que fiz nele, mais por que eu gostei dele, me simpatizei com ele entende. Mais Deus sabe o que faz...

TR- já sentiu vontade de desistir ?
Flávio-Sim

TR- o que não te deixa desistir ?
Flávio-A melhor pergunta seria, quem não te deixa desistir...
Deus, não me deixa desistir... “Ele é o meu refugio e fortaleza” Ele mesmo Disse: “ Estarei convosco todos os dias” então as vezes que fico triste, chateado com alguma coisa, pra baixo mesmo... Pois, missionários, pastores também tem crises, nós não somos Super Homens, eu sempre lembro de que Deus não desistiu de mim, Deus, acredita em mim, e conta comigo.

Também não me deixa desistir, Geisa, Fabrício, Rodrigo, Célio... e tantos outros que estão se tratando, estão firme com Jesus, e sabe que fui canal de Deus na vida deles é recompensador.

TR-Como você definiria a Cracolândia?
Flávio-Pra mim Cracolândia é o Fim do Fim, um lugar hostil onde excluídos da sociedade (drogados, prostitutas, homossexuais etc..) se refugiam, ali eles são amados, existe uma comunidade Cracolândia, é como se fosse uma família.

Na Cracolândia rodam cerca de 5000 pessoas dia, pessoas que a polícia não dão conta de controlar, a sociedade excluiu, as pessoas passam de lado e a pergunta que não quer calar, será que nós que temos a fonte da Água VIVA, nós que somos conhecedores da VERDADE, seremos os próximos a passar de lado e ficar indiferente...

No Que depender de mim... Não... E você?


TR-Fique à vontade pra deixar seu recado.
Flávio- Fechando a Matéria, gostaria de deixar meu e-mail: Flavio@fontewebstudio.com.br e meu telefone aqui de SP 11 74026113 para quem quiser entrar em contato, saber mais sobre o projeto, quem quiser contribuir com o projeto, como falei estamos montando uma igreja estamos precisando de TUDO. E agora em Fevereiro estamos lançando uma campanha, Doe uma cadeira e Traga esperança a uma vida.

Então quem quiser e puder fazer parte dessa obra estamos a disposição, Creia que a Cracolândia vai se transformar em CRISTOLÂNDIA

E Claro irmãos orem por nós, orem por cada pessoa que está em tratamento, ore por missões, Pois vida se ganha de joelho

Também podem me adicionar no Orkut, tem várias fotos da cracolãndia do trabalho anterior, e dessa nova fase nossa, do galpão onde será a Missão Batista Cristolândia em fim... vários vídeos e tudo ok.

No Orkut é só procurar por Flavio Alves- Radical Brasil
ou pelo e-mail: Flavio@fontewebstudio.com.br
Msn:  saxflavio@hotmail.com


Abraços, Seu Missionário

Flávio Alves


Há esperança...


Tânia Regina

1 comentários:

Motivação Virtual disse...

ola tania parabesn pelo projeto que Deus continue abencoando vc aparti de hoje vou seguir o mesmo paz e e nao se precuipe Deus e fiel com vc e esse projeto

11 dezembro, 2010
Ocorreu um erro neste gadget