A Índia tá na moda - parte VI - Ganges

Isso mesmo ,continuo a falar sobre a Índia!





E olha que nem falei a metade do que quero falar!

Não vou falar mais sobre os Dálits(acho),e não quero ficar me defendendo,
por falar isso ou aquilo, sobre este País que tem suas tradições e contradições religiosas, então não quero saber o que vão achar de mim,pois o que vou falar ,são "fatos e não boatos",são vários e vários dias de estudo,fico tentando"aliviar",não pegar tão pesado,mais tá dificíl,e muito.
Procurei colocar outros tipos de matérias pra dar uma relaxada no que tenho postado sobre a Índia,mais fico só "enrolando",pois são tantas coisas que tenho pra mostrar ,pessoas me cobram o restante das matérias sobre o País em questão.


Um breve resumo do que já se falou:

A Índia é o segundo maior País em população cerca de 1(um) bilhão e 100(cem)milhões de habitantes,e segundo pesquisas em 2050,será provavelmente o maior País em população do globo, com mais de 1(um)bilhão e 600 seiscentos milhões de habitantes,ultrapassando a China.

E nesse mesmo País ,onde se importa tecnologia,agricultura,e que 40% de pesquisadores e cientistas da NASA são Indianos,também 600 milhões de habitantes vivem em estado de pobreza ,e 300 milhões vivem ABAIXO da linha de pobreza( dados da ONU).

Já falamos também que tudo na Índia envolve religião,ou espiritualidade (como queiram chamar), tudo é ligado.

São 33 milhões de deuses ,e 250 milhões de vacas sagradas
(onde a pobreza fica num total de 900 milhões de habitantes).

Onde animais ,como: elefantes ,vacas,ratos,macacos,etc.são tratados com dignidade e respeito,(até aqui ,concordo),como seres divinos, deuses mesmo;  onde se um cidadão matar um animal desses,pode ter sua casa, juntamente com toda sua família queimados, pois os animais tem muito mais valores do que o ser humano,é só lerem sobre os Dálits(não tinha como deixar de mencionar),povo que passa na própria pele ,todas as mazelas de ter nascido como eles dizem, com esse "karma".





E "carma aí" que ainda não acabou !

Hoje o assunto é Rio Ganges:

O Ganges faz parte dos sete rios sagrados que descem da cordilheira dos Himalaias, o qual é ainda uns dos três principais rios: Indo, Ganges (Benares) e Bramaputra. Banha as cidades de Haridwar, Moradabad, Rampur, Kanpur, Allahabad, Varanasi, Patna e Rajshahi. Une-se ao rio Bramaputra para formar um gigantesco delta.

Há uma lenda que diz que Ganges era um rio muito violento e não podia descer à Terra pois a destruiria com a força do impacto. Então, os homens pediram a Shiva que ajudasse e ele permitiu que o rio caísse primeiro sobre sua cabeça, amortecendo o impacto e depois, mais tranqüílo, corresse pela Terra. Então para os Indianos o Ganges ou Ganga como também é chamado, nasceu dos cabelos do deus shiva,eles tem uma grande adoração por este rio, e até bebem de sua água, sem nenhum tratamento, como um ritual de  purificação, (mais á frente verão o estado deste rio).


"Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna.(João 4:14)





Para os Indianos ,é motivo de honra ,eles terem suas cinzas jogadas no Ganges,pois só assim conseguuem a eternidade,e renovação para uma nova vida.


"E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste".(João 17:3)

Muitos morimbundos,viajam para perto do ganges ,numa viagem sem volta,e ficam ali por perto em lugares ,que são chamados de casas de entregas,e ficam ali,ansiosos,a espera da cremação e de serem lançados ao rio que para eles é sagrado.

Há mais de 2.000 anos, Varanasi, a cidade "eterna", tem sido a capital religiosa da Índia. Construída nas margens do sagrado Ganges, é conhecida por combinar as qualidades de todos os outros locais de peregrinação e, quem quer que morra ali, segundo os hindus, independentemente do tamanho dos pecados, está salvo do ciclo de sucessivas reencarnações. Cidade mais a leste de Uttar Pradesh, Varanasi é um importante local de aprendizado, terra de romancistas, filósofos e gramáticos. Prova disso foi o seu papel no desenvolvimento do hindi - o que há de mais próximo a uma língua nacional da Índia.

Varanasi tem mais de 100 ghats de banho e fogo(degraus em que o povo desce para banhos e cremação) mas o Manikarnika Ghat é o mais sagrado de todos. Este é o principal ghat de fogo e um dos locais mais próspero nos quais um hindu pode ser cremado. Os corpos são levados por párias(dálits) e carregados pelas alamedas da cidade velha ao sagrado Ganges em uma padiola de bambu embrulhada em panos. Você verá grandes pilhas de lenha amontoadas no alto dos ghats. Cada tora é pesada cuidadosamente em enormes balanças para que se possa calcular o preço da cremação. Não há problema em assistir às cremações, já que em Manikarnika a morte é um negócio como outro qualquer, mas não pode ser fotografado e nem filmado (somente escondido).
O melhor ghat para ver as atividades à beira do rio é o Dasaswamedh. Ali você encontra uma grande concentração de pessoas que vêm à margem do Ganges não apenas para o ritual do banho, mas para fazer yoga, dar "bençãos", comprar paan( o “paan”, essa mescla de espécies amargas e doces e envoltas numa folha comestível que os indianos sempre comem depois das refeições), vender flores, fazer massagens, jogar críquete, nadar, barbear-se e aliviar seu karma dando esmola aos mendigos. Ali também é o melhor lugar para conseguir uma viagem de barco, já que há muita competição entre barqueiros.

O defunto que for de uma casta mais baixa, eles fazem uma fogueira ao redor do corpo ,as margens do rio, e jogam substâncias para o corpo queimar e evitar o odor. O filho mais velho que ascende o fogo, cinzas vão pro ganges.
Na beira ficam muitos garimpeiros peneirando as cinzas na tentativa de achar alguma jóia que eventualmente foi esquecida pela familia.

Dependendo da a casta,pode ser queimado em diferentes niveis do ghats,geralmente, o morto é enrolado em um pano dos deuses(suas roupas ficam pros dálits) e coberto de flores e oferendas.
A casta mais alta tem um cremação especial.A cerimônia é rapida ,no máximo 20 minutos. Pois é considerado apenas mais um negócio.
As mulheres são proibidas de assistir a cerimônia, pois elas choram,o que é proibido.

As crianças não são queimadas, são apenas enroladas no pano e jogadas no rio.

O crematório funciona dia e noite e os corpos chegam o tempo todo e de toda maneira,carregados pelas ruas em uma maca feita de bambu, ou vem de barco.Você se depara com defuntos o tempo todo, seja na cidade ou no rio.
Mesmos nos banhos de "purificação",é comum,se banharem enquanto pedaços de corpos em decomposição passam pelos banhistas,o que pra eles é normal





fontes:
www.orepelaindia.com
wikipédia


"Até aqui nos ajudou o Senhor"

2 comentários:

Matias Borba disse...

Paz do Senhor!

Seu blog foi indicado ao premio olha que blog maneiro, confira em meu blog o que precisa fazer para a premiacao!

Deus abencoe!

18 fevereiro, 2009
Tânia C.Fernandes disse...

A Paz Irmão Matias !

tem certeza ,poxa que benção,que alegria
muito obrigado mesmo,mesmo que não ganhe prêmios
só de ser lembrada já valeu!
Que Deus te abençoe.
Fique com Jesus

18 fevereiro, 2009
Ocorreu um erro neste gadget